Archive for the 'esporte' Category

Na Natureza Selvagem

Um grandíssimo amigo que está no Brasil me escreveu falando que assistiu o filme “Na Natureza Selvagem” e pensou pra caralho em mim. Grandes amigos têm saudade, é irmandade.

É conferir para entender o motivo:

A galera toda reunida, se aventurando, na eterna busca pela felicidade. Ou sozinho rodando pelo mundo. Importante é curtir e sonhar sempre!

Aliás, hoje sonhei que tomava umas com Tom Jobim e o Vinicius… sonho louco? Prazer, louco é meu sobrenome!

Abração e muita paz galera!

Valeu, Michel

Anúncios

Valeu Guga!!!

Quase um mês chovendo quase todos os dias aqui… e mesmo não gostando de televisão, muitas vezes não resta outra opção.

E ontem – em uma das intermináveis mudanças de canal – acabei encontrando a transmissão da partida de despedida do Guga.

Pensei em prestar a minha humilde homenagem, já que o considero um cara batalhador e de certa forma um retrato do Brasil.

Jeitão de moleque, alma leve e uma grandíssima conquista em um esporte que nunca foi e nem nunca será unanimidade no nosso país.

E ele é como o povo brasileiro, que mesmo tendo que enfrentar milhares de dificuldades, sempre consegue se destacar. Levando ao mundo o nosso carisma e força.

Guga me lembra também futebol e surf. É como um jogador driblador ou um surfista desencanado.

Sempre cercado de belas mulheres e pessoas do bem, como Larri Passos (que conheci pessoalmente durante a Copa do Mundo de 2006).

São exemplos assim que dão força ao esporte nacional, mesmo em um esporte elitista como o tênis.

Seu irmão Guilherme* é Portador de Deficiência Física e Mental e o carinho sempre demonstrado por Guga é mais uma prova de que ele ainda poderá ajudar muita gente no seu novo e longo caminho longe das quadras.

E, como dizia a transmissão ontem, agora ele poderá se dedicar mais ao seu Instituto Guga Kuerten, presidido pela mãe Alice.

“Sou mané da Ilha toda
Sou mané do mundo inteiro
Sou da Joaquina
Sou do “Havaí”
Nas quadras do mundo
Sou feliz”

[Guga (Manezinho da Ilha) – Banda Cavalinho]

Valeu manezinho da Ilha!!! Valeu Guga!!!

Boa semana galera!!!

PAZ, Michel

* Obrigado Junior Ibagy pela informação de que infelizmente o irmão de Guga já faleceu, desculpem pelo anterior erro.

Depois de um dez, vem sempre um zero!

Uma das mais marcantes lições do meu grande pai foi a que intitula este post.

Ele me falou, após eu ter feito um tiro perfeito no ‘dez’ do alvo: “Depois de um dez, vem sempre um zero!”

E nunca precisou repetir, pois aprendi a lição para nunca mais esquecer. Nem sequer acertei o alvo no tiro seguinte, zero.

E funciona para qualquer coisa da vida, inclusive para o Flamengo ontem. O qual, depois de ganhar o Carioca 2008, foi vergonhosamente eliminado pelo fraco América do México em pleno Maraca.

A ressaca ainda não tinha passado e o oba-oba era grande. Não deu outra. Nunca menosprese nada nem ninguém.

Mas fica a lição para quem ainda não tinha aprendido. Ao invés de marcar uma geração vencedora, da noite para o dia viraram mais um fracasso.

Eu lembro que quando moleque era o único que andava com a camisa do Flamengo na escola após uma derrota, e todos surpreendidos diziam: ‘você é realmente um torcedor!’

Não quero ficar falando de futebol, já que o assunto é lição de vida, mas o exemplo caiu como uma luva para o momento.

Quando você estiver feliz por ter feito um dez, uma coisa extraordinária, pode esperar por alguma merda.

É como dar uma tacada perfeita na sinuca e logo depois errar a bola branca. O mesmo ego que voa é aquele que cai bruscamente.

Se você leu este post, talvez se lembre disso quando acontecer com você ou algum conhecido ou até mesmo desconhecido. Ou perceba que já tenha acontecido alguma vez.

Porque não interessa o quanto grande foi teu feito, você sempre ficará marcado pelos teus maiores erros.

Ronaldo que o diga.

FAZ A FESTA MENGÃO!!!

Futebol é uma coisa muito louca! Sempre fui louco pelo Flamengo!! Mesmo morando em Minas ia sempre que podia para o Maracanã e não perdia nenhum jogo! Mas agora na Suíça a coisa é mais complicada… mesmo assim ouço sempre os jogos na Rádio Globo e estou me juntando a massa Rubro-Negra pelo mundo em uma comemoração silenciosa e solitária!!!

O jogo ainda não acabou, mas o Tardelli acabou de fazer 2×1 e o Bota tá com um a menos. Mais um título para o Mengão, agora igualando os 30 do Flu!! Eu me arrepio de sentir a torcida indo a loucura no Maraca, arrepio de pensar na minha galera comemorando e tomando todas no Brasil!!!

Futebol é o único vício que eu tenho, sofrer e comemorar com meu Mengão!!! Em qualquer lugar do mundo, qualquer situação:

3×1 AGORA PRA FECHAR O CAIXÃO DO FOGUINHO!!!!!!!!!!!!!!!!

“Tu és time de tradição, raça, amor e paixão, oh meu Mengo!”

Veja o poster do time campeão:

MENGÃO BICAMPEÃO PORRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Some news

Fala galera! Depois de um post altamente alcoolico, estou passando para dizer que continua tudo na boa aqui e que a fase está mais para o esporte… futebol ontem, quarta e sabadão tem outra fase do torneio Suíço de futevolei! Agora em Zurique, com novo parceiro, o maluco carioca Kadu!!

www.sfvv.ch – site da federação suíça de futevolei

No mais estou ajudando a minha irmã com um projeto muito legal: http://deolhosnomundo.wordpress.com

Muita paz, boa semana e participem sempre!

Valeu, Michel

Se não tem Flamengo…

Já que não pude ir ver o último jogo do Flamengo no Maracanã antes de acabar o campeonato brasileiro, acabei indo para Milão ver o jogo da Inter! :D

INTER DE MILÃO 2X1 ATALANTA 23.11.2007
[YouTube=http://br.youtube.com/watch?v=Nn6cqxLTcz8]

Boa semana para todos, espero boas novas para os próximos dias…


Digg it! Compartilhar no Del.icio.us Adicionar ao Live Favorites Compartilhar no Google Bookmarks Compartilhar no Reddit Compartilhar no Ma.gnolia Compartilhar no Facebook Compartilhar no Technorati Compartilhar no Yahoo MyWeb Stumble It! Compartilhar no rec 6 jump, conteúdo grátis!

Libertadores, tô aí!!!

O que está acontecendo com o Flamengo neste ano é uma coisa para ficar na história e no coração!

Um exemplo raro entre a sujeira que pairou sobre o futebol nas últimas décadas.

Grande responsável? Conjunto. Destaque absoluto? Torcida. Líder: Joel Santana. Guerreiros: Jogadores.

Um time que saiu de uma situação difícil – que até ano passado tinha se tornado normal – no décimo nono lugar e está classificado para a Libertadores 2008 com uma rodada de antecedência.

Time grande, cobrança forte da torcida. Mas se só torcida levantasse time, o Corinthians também estaria lá em cima.

Mas o camisa 12 Rubro-Negro foi a alma do time, podia até portar a faixa de capitão porque é aquele que empurra o tempo todo e passa a raça e a vontade de vencer quando o time começa a cair de rendimento.

O time não tem estrelas, ainda bem. Roger, Souza e alguns outros são conhecidos como jogadores-problema. Mas souberam se manter em harmonia com o resto do grupo e até mesmo aceitando a reserva.

Alguns chegaram e se encaixaram. Planejamento começado por Ney Franco e brilhantemente retomado por Joel, misturando juventude e experiência de uma forma que só um “paizão” poderia fazer.

Eu não sou a favor do campeonato de pontos corridos. Não existe nada mais empolgante que mata-mata. E neste o Flamengo é quase imbatível.

São Paulo já vem realizando um trabalho modelo para todos os times do Brasil e mereceu o topo da tabela com grande folga. Mas eles sabem que o título de 2007 ficou de alguma maneira dividido. Justamente quando a discussão do “penta” volta com força.

Infelizmente não pude estar no Maracanã, nem mesmo assistir na TV, porque moro na Suíça. Mas segui pela rádio todas as partidas que tive oportunidade.

MENGAO

E só de ouvir pude imaginar a festa que rolou no Maraca hoje, no jogo contra o Atlético Paranaense pela penúltima rodada. Muito mais empolgada que muita festa de título!

São Bruno. Juan e Leo Moura dando show nas laterais. Fábio Luciano xerifão e Ronaldo Angelim lutador. Cristian maestro. Toró gladiador. Ibson fênix. Renato Augusto amadurecido. Souza oportunista. Obina xodó. Uma equipe para ficar na história!

Jogadores que voltaram a honrar o Manto Rubro-Negro. O time voltou a impor respeito aos adversários.

A torcida acordou e está novamente orgulhosa vestindo a camisa. E o mais importante, a recuperação do orgulho de ser Flamengo!

Tenho 27 anos, infelizmente não acompanhei a fase de ouro do Mengão nos anos 80. Mesmo com pai Fluminense fanático fui do contra e nunca me arrependi.

Espero agora que outra fase de ouro se aproxime e que o papel de coadjuvante fique para os outros times.

Porque Flamengo merece sempre o lugar que está no momento, o topo da tabela. E títulos!

Hoje Deus é Rubro-Negro. Hoje Rubro-Negro dorme feliz. Amanhã os torcedores rivais vão ter que nos aturar!

TU ÉS TIME DE TRADIÇÃO, RAÇA AMOR E PAIXÃO… OH MEU MENGOOOOOOOO

PARABÉNS MENGÃO!!! ABRAÇO RUBRO-NEGRO!!!

Michel Passos Zylberberg

P.S.: Deixo meus pêsames pelos torcedores do Bahia que morreram hoje comemorando o acesso a séria A.